Psicologia, Primeiro Cinema e Impressionismo: notas sobre a história da psicologia no século XIX

Autores

  • Marcia Oliveira Moraes
  • Myrna Amaral Catinin
  • Lívia Barbosa Correa

Resumo

Investigamos as relações entre a psicologia e o contexto cultural do século XIX. Delimitamos o Impressionismo e o Primeiro Cinema como fenômenos culturais que marcaram o século XIX e que são contemporâneos ao advento da psicologia como ciência da subjetividade. A noção de subjetividade é o fio condutor que nos permite estabelecer a relação entre estes domínios. No século XIX a concepção de subjetividade está articulada ao corpo do observador e é caracterizada pelo caráter lábil, volátil e singular que define o funcionamento do corpo. Trata-se, portanto, de uma subjetividade encarnada e por isso mesmo, parcial. Concluímos indicando que a concepção de subjetividade volátil é a condição de possibilidade tanto da Psicologia quanto da experiência visual do Primeiro Cinema e do Impressionismo.

Downloads

Publicado

2015-07-16

Edição

Seção

Artigos