Visitas domiciliares psicossociais como intervenções preventivas para as mulheres que sofrem violência doméstica

Autores

  • Jamile Santana Lima
  • Manuela Silva Messias
  • Marlizete Maldonado Vargas

Resumo

O Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher- NUDEM, vinculado a Defensoria Pública de Sergipe têm por finalidade atender mulheres que sofrem violência doméstica e atuar na defesa e garantia dos direitos da mulher baseados na Lei 11.340/2006 – Lei Maria da Penha. A equipe técnica interdisciplinar desse núcleo identificou a necessidade de criar estratégias de intervenção para atender às demandas das assistidas. O projeto de visita domiciliar psicossocial tem como objetivo levantar e analisar o aspecto sócio jurídico e psicossocial das mulheres que sofreram violência doméstica; avaliar a contribuição da visita domiciliar como dispositivo de averiguação do cotidiano e da promoção da qualidade de vida das assistidas e seus familiares e acompanhar a evolução das famílias atendidas. As visitas domiciliares psicossocial aconteceram semanalmente e teve como estratégia acompanhar as famílias quinzenalmente até que as demandas inicias fossem minimizadas. Foram selecionadas aleatoriamente 12 mulheres para participar de um grupo focal e responder um questionário onde avaliaram como apropriado e importante o desenvolvimento desse projeto. A avaliação de metodologias de acompanhamento interdisciplinar é necessária para encorajar o debate referente a identificação das demandas do público atendido de forma integrada e contextualizada, além de reforçar o papel da equipe interdisciplinar.

Downloads

Publicado

2015-07-15

Edição

Seção

Artigos