A avaliação das funções executivas através do Inventário Brief (versão portuguesa)

Autores

  • Isabel Gonçalves Ribeiro
  • Anabela Cruz-Santos
  • Luis Miranda-Correia

Resumo

Com base na tradução e adaptação do Behavior Rating Inventory of Executive Functions (GIOIA; ISQUITH; GUY, & KENWORTHY, 2000), versão para professores, caracteriza-se o nível de funcionalidade executiva de 87 alunos (10 – 13 anos). O inventário inclui 86 itens organizados segundo oito escalas que se agrupam num Índice de Regulação Comportamental [1) Inibição; 2) Alternância e 3) Controlo Emocional] e num Índice Metacognitivo [4) Inicialização; 5) Memória de Trabalho; 6) Planeamento/Organização; 7) Organização de Materiais e 8) Monitorização]. Os resultados encontrados indicam: a) as professoras percepcionam uma menor funcionalidade executiva dos alunos, assim como, dificuldades de Alternância e de Memória de Trabalho, e b) existem associações entre as dificuldades metacognitivas e Classificações Internas Finais baixas. Este estudo exploratório valida a aplicabilidade deste inventário para caracterizar o nível de funcionalidade executiva de alunos e apoiar o desenvolvimento de intervenções individualizadas promotoras de sucesso escolar.

Downloads

Publicado

2015-07-15

Edição

Seção

Artigos