Mastite Bovina: Tratamento Convencional e Ação de Compostos Extraídos de Plantas

Autores

  • Thâmela Alves Universidade de Cuiabá, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biociência Animal. MT, Brasil.
  • Maria Aparecida Scatamburlo Moreira Universidade Federal de Viçosa, Departamento de Veterinária, Laboratório de Doenças Bacterianas. MG, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/1415-5141.2021v25n1p20-25

Resumo

A mastite bovina é a doença que mais onera a pecuária leiteira, por tratar-se de uma doença plurietiológica e multifatorial, e altamente contagiosa. O uso de antimicrobianos ainda é a principal estratégia para controle e tratamento; todavia, a resposta à antibioticoterapia e o aumento de resistência bacteriana, bem como, a presença de resíduos antimicrobianos no leite, tem sido foco de estudos para definir quais os fatores responsáveis por falhas na terapia; além do estudo de várias substâncias extraídas de plantas como alternativas terapêuticas. Este artigo foi elaborado por meio de pesquisa bibliográfica, com o objetivo de abordar o uso compostos naturais extraídos de plantas sobre bactérias isoladas em mastite bovina. Várias substâncias extraídas de plantas têm sido estudadas, para avaliação de suas atividades farmacológicas; gerando dados importantes e ótimos resultados. Grande destaque tem sido dado aos óleos essenciais, substâncias complexas voláteis, lipofílicas, odoríferas e líquidas, oriundas do metabolismo secundário de vegetais; e têm despertado interesse como alternativa ao tratamento da mastite bovina. Diversos trabalhos têm comprovado a eficácia de compostos naturais extraídos de plantas sobre bactérias isoladas em mastite bovina; apresentando como estratégia terapêutica promissora; apesar de grande parte da diversidade genética vegetal do Brasil ainda permanecer oculta à ciência, merecendo a avaliação de suas propriedades farmacológicas.

 

Palavras-chave: compostos naturais; pecuária leiteira; antimicrobiano.

 

Abstract

The bovine mastitis it’s the disease that most burden the dairy farming, due to the fact that it has many etiological reasons, and it is highly contagious. The use of antimicrobials is still the main strategy to control and treat this disease. However, the response to antibiotic treatment, the increase of bacterial resistance and the containing of antimicrobials residues in the milk as well, has been the main spot for researches to define which were the causes of failure in the treatment; also mentioning researches of many substances extracted from plants as alternative treatments. This article has been written using bibliographic survey with the objective to discuss the usage of natural compounds extracted from plants over isolated bacteria of cattle mastitis. Many substances taken from plants have been studied for the proper evaluation of their pharmacological usage, resulting in the achievement of important data and great results. A considerable highlight has been given to the essential oils, complex, volatile, lipophilic, odoriferous and liquid substances originated from the secondary metabolism of plants; they have risen the interest as an alternative to the treatment of cattle mastitis. Several researches have proved the efficiency of natural compounds extracted from plants over isolated bacteria of cattle mastitis; showing a new promising therapeutic strategy; although most of the vegetal genetic diversity in Brazil is still hidden to science, thus deserving a proper evaluation of their pharmacological properties.

 

Keywords: natural compounds; dairy farming; antimicrobial.

Downloads

Publicado

2021-06-14

Edição

Seção

Artigos