O Empreendedorismo Social no Brasil: quem são e o que Fazem

Autores

  • Wesley Osvaldo Pradella Rodrigues Universidade Federal de Mato Grosso do Sul https://orcid.org/0000-0003-1927-3271
  • José Francisco dos Reis Neto Reis Neto Universidade Anhanguera Uniderp
  • Pablo Antonio Muñoz Gallego Universidad de Salamanca, Espanha.
  • Alan Francisco Dos Santos Santos Universidade Anhanguera Uniderp

DOI:

https://doi.org/10.17921/1415-6571.2020v24n40p73-77

Resumo

Resumo
Empreendedorismo social é visto como uma forma hibrida de empreendedorismo, no qual se prioriza a promoção do valor social e desenvolvimento versus a captura de valor econômico. Este artigo objetiva analisar o perfil do Empreendedor Social (ES) no Brasil, e as diferenças em destaque com o tipificado Empreendedor voltado para o Mercado (EM). Foram utilizados os dados secundários obtidos junto ao GEM Adult Population Survey (APS) 2015/16. A amostra foi constituída por 2000 empresários adultos em atividade, escolhidos de forma probabilística com base no censo brasileiro e, posteriormente, separados em dois grupos, conforme proposto no objetivo. A fim de explorar as diferenças entre estes dois grupos se empregou o teste do qui-quadrado para amostras independentes não paramétricas, utilizando o software SPSS v.25. Os resultados apresentam o perfil dos empreendedores sociais analisados sob as dimensões Atitudes e Percepções Empreendedoras; Atividade Empreendedora e Aspirações Empreendedoras. Apesar de constituir uma pequena parcela empresarial brasileira se concluiu que o empreendedor social se diferencia do empreendedor para o negócio em relação as suas características de conhecimento e habilidade para o negócio social, de analisar e assumir os riscos calculados e proporcionar ideias inovadoras. Ao avaliar o perfil do empreendedor social brasileiro se espera ampliar o conhecimento acadêmico e de negócio, ao identificar os aspectos que diferenciam os empreendedores sociais dos empreendedores voltados para o mercado, possibilitando o delineamento de estudos futuros sobre a temática apresentada.

Palavras-chave: Atividade do Empreendedorismo Social. Empreendedorismo Híbrido. Global Entrepreneurship Monitor.

Abstract
Social entrepreneurship is seen as a hybrid form of entrepreneurship, in which the social value promotion and development is prioritized versus the economic value capture. This article aims to analyze the Social Entrepreneur’s profile (SE) in Brazil, and the differences highlighted with the typified Market-oriented Entrepreneur (ME). Secondary data from the GEM Adult Population Survey (APS) 2015/16 were used. The sample consisted of 2000 active adult entrepreneurs, selected in a probabilistic manner based on the Brazilian census and later separated into two groups, as proposed in the objective. In order to explore the differences between these two groups, the chi-square test was used for nonparametric independent samples using the SPSS v.25 software. The results present the social entrepreneurs’s profile analyzed under the dimensions Entrepreneurial Attitudes and Perceptions; Entrepreneurial Activity and Entrepreneurial Aspirations. Despite constituting a small portion of Brazilian business, it was concluded that the social entrepreneur differs from the market-oriented entrepreneur in terms of knowledge and skill for social business, to analyze and take calculated risks and provide innovative ideas. By assessing the Brazilian social entrepreneur’s profile, it is expected to broaden academic and business knowledge by identifying the aspects that differentiate social entrepreneurs from market-oriented entrepreneurs, enabling the design of future studies on the theme presented.

Keywords: Social Entrepreneurship Activity. Hybrid Entrepreneurship. Global Entrepreneurship Monitor.

Biografia do Autor

Wesley Osvaldo Pradella Rodrigues, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Doutor em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional – Universidade Anhanguera Uniderp, Brasil

Professor Adjunto na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)/Campus Naviraí

José Francisco dos Reis Neto Reis Neto, Universidade Anhanguera Uniderp

Professor do Programa em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional – Universidade Anhanguera Uniderp, Brasil

Pablo Antonio Muñoz Gallego, Universidad de Salamanca, Espanha.

Professor do Instituto Multidisciplinar de la Empresa. Departamento de Administración y Economía de la Empresa. Universidad de Salamanca, Espanha.

Professor visitante dos Programas de Mestrado e Doutorado da Universidade Anhanguera Uniderp, Brasil

Alan Francisco Dos Santos Santos, Universidade Anhanguera Uniderp

Mestrando em Produção e Gestão Agroindustrial – Universidade Anhanguera Uniderp, Brasil

Downloads

Publicado

2021-01-19

Edição

Seção

Artigos Originais