Use of Self-Adhesive Resin Cements in Dentistry: a Literature Review

Autores

  • João Marcos Carvalho Silva Centro Universitário UniFacid Wyden
  • Raíssa Alves Feitosa Centro Universitário UniFacid Wyden
  • Danyege Lima Araújo Ferreira Centro Universitário UniFacid Wyden
  • Mila Oliveira Santos Viana Centro Universitário UniFacid Wyden

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8938.2021v23n1p51-55

Resumo

Abstract
Self-adhesive resin cements (SARCs) are cementing agents and have the objective of simplifying adhesive cementation, with a simplified use protocol. The aim of this article was to review the literature on SARCs with a focus on the advantages of their use, highlighting their adhesion and biocompatibility mechanism. Thus, the Health Sciences Descriptors “Self-Adhesive Resin Cement”, “Dental Cements”, “Adhesion” and “Dental Prosthesis” were used, as well as their Portuguese counterparts in the online databases SciELO, PubMed and Bireme in the period of time between the years 2000 to 2020. According to the studies, SARCs have excellent physical and mechanical properties, which include low solubility in the oral environment, adhesion to the dental substrate and the prosthetic part, color mimicry, biocompatibility and fluoride release, in addition to being applied in a single step, optimizing the operator's working time. In addition, self-adhesive cements seem to offer a promising new approach in indirect restorative procedures, which may present a performance similar to conventional ones, however more studies are needed to support their long-term applicability.

Keywords: Resin Cements. Dental Cements. Adhesion. Dental Prosthesis.

Resumo
Os cimentos resinosos autoadesivos (CRAAs) são agentes de cimentação e possuem o objetivo de simplificar a cimentação adesiva, com um protocolo simplificado de utilização. Assim, o objetivo deste trabalho foi revisar na literatura acerca dos CRAAs com enfoque nas vantagens de sua adequada utilização, evidenciando seu mecanismo de adesão e biocompatibilidade. Dessa forma, foram utilizados os descritores em Ciências da Saúde (DeCS) “Cimento Resinoso Autoadesivo”, “Cimentos Dentários”, “Adesão” e “Prótese Dentária”, assim como seus correspondentes na língua inglesa nas bases de dados online SciELO, PubMed e Bireme no período de tempo entre os anos 2000 a 2020. De acordo com os estudos, os CRAAs apresentam excelentes propriedades físicas e mecânicas, que incluem baixa solubilidade no meio bucal, adesão ao substrato dental e a peça protética, mimetização de cores, biocompatibilidade e liberação de fluoretos, além de serem aplicados em uma única etapa clínica, otimizando o tempo de trabalho do operador. Além disso, os cimentos autoadesivos oferecem uma nova abordagem promissora em procedimentos restauradores indiretos, podendo apresentar um desempenho semelhante aos convencionais, porém são necessários mais estudos que sustentem sua aplicabilidade a longo prazo.

Palavras-chave: Cimentos de Resina. Cimentos Dentários. Adesão. Prótese Dentária.

Biografia do Autor

João Marcos Carvalho Silva, Centro Universitário UniFacid Wyden

Aluno de Graduação em Odontologia pelo UniFacid Wyden. Voluntário no Programa de Iniciação Científica e Tecnológica (PICT) do UniFacid Wyden desde 2018.

Raíssa Alves Feitosa, Centro Universitário UniFacid Wyden

Graduada em Odontologia pelo UniFacid Wyden.

Danyege Lima Araújo Ferreira, Centro Universitário UniFacid Wyden

Possui graduação em Odontologia pela Universidade Federal do Piauí, mestrado em Mestrado em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Piauí - UFPI. Especialização em: Odontologia e Saúde Coletiva, Odontologia e Saúde da Família e Prótese Dentária. Atualmente, é professora do UniFacid Wyden.

Mila Oliveira Santos Viana, Centro Universitário UniFacid Wyden

Graduada em Odontologia pela Universidade Federal do Piauí. Doutora em Ciências Odontológias, com área de concentração em Clínicas Odontológicas, Mestre e Especialista em Prótese Dentária, Especialista em Odontologia em Saúde Coletiva. Professora do Curso de Odontologia do UniFacid Wyden.

Downloads

Publicado

2021-03-18

Edição

Seção

Artigos